terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

Sinais que podem indicar a presença da Anorexia

Sinais Físicos:

  • Inicia restrições alimentares
  • Perda importante de peso, não justificada
  • Frio excessivo
  • Sono excessivo
  • Lanugo (o corpo fica coberto com uma penugem fina)
  • Amenorréia (falta de menstruação) pelo menos 3 ciclos
  • Queda de cabelo
  • Consumo elevado de alimentos ricos em vitamina A e caroteno, como cenoura, confere à pele de alguns portadores de Anorexia coloração amarelada.

Alterações Comportamentais :

  • Mudanças bruscas de humor (irritabilidade, agressividade, impulsividade). Também pode passar por momentos de muita tristeza, apresentando sentimentos de culpa e baixa auto-estima.
  • Desculpas para não comer em casa
  • Podem utilizar laxantes, diuréticos, e/ou qualquer erva ou “medicamento” que favoreça ou “prometa” o emagrecimento.
  • Desejo claro de perder peso. Tanto estando dentro da faixa de peso normal para a idade/altura, quanto estando abaixo desta. Este desejo mantém-se até mesmo quando estão extremamente magras.
  • Alimenta-se sozinha
  • Preocupação exagerada com o conteúdo calórico dos alimentos e por dietas. Podem “vigiar” a preparação dos alimentos
  • A princípio evitam determinados alimentos: doces, pães, batatas, arroz, frituras, etc. Posteriormente passam a eliminar da sua dieta um numero cada vez maior de alimentos, até chegar a se alimentar única e exclusivamente de verduras ou frutas (e cada vez em menores quantidades). Podem consumir somente alimentos “light”. E inclusive a viver somente de líquidos
  • Aumento de interesse pela imagem e/ou peso. Queixam-se com frequência do seu peso, “estou gorda”, e da aparência física.
  • Aumento no controlo do peso, pesam-se constantemente, inclusive várias vezes ao dia.
  • Comparam-se constantemente com modelos e/ou outras figuras de admiração.
  • Isolamento social e/ou familiar
  • Aumento da actividade física. Os exercícios exagerados são realizados com a finalidade de perder peso, podem desejar ir caminhando para todos os lugares, caminhando assim várias horas. Evitam os elevadores e usam as escadas, passam horas no ginásio, correm, etc.
  • Racionam a comida, deixando restos no prato. Também podem "brincar" com a comida antes de levá-la até a boca
  • Mentem sobre ter ou não comido, podem “esconder” a comida e depois deitá-la fora.
  • Podem apresentar uma obsessão com os estudos, dedicando-se várias horas
  • Insónia
  • Obsessão pela comida e ligação com a cozinha, falam constantemente sobre dietas e sobre a quantidade de calorias dos alimentos. Muitas vezes gostam de cozinhar para a família, podem coleccionar receitas e gostam de controlar a comida que existe m casa, fazendo listas de compras, ou, comprando os alimentos. Podem preparar pratos saborosos e elaborados para a família. Porém, elas mesmas nunca os comem.
  • Podem começar a apresentar problemas de relacionamento com outros membros da família. Especialmente a figura materna (ligada à alimentação).
  • Sofrem de sentimentos de culpa após terem comido.
  • Podem vomitar após se alimentarem (bulimia).
  • Vestem-se frequentemente com roupas largas e sobrepostas, cuja função a principio é dissimular os supostos defeitos físicos (quadris largos, abdómen, etc.). Posteriormente sua função passa a ser a dissimulação da magreza extrema. Tem dificuldade em se vestir e escolher roupas, sempre buscando esconder o seu corpo cada vez mais magro, sob camadas de roupas.
  • Alguns tornam-se ritualistas: ocupando sempre o mesmo lugar na mesa, os pratos também devem estar arrumados de uma maneira simétrica, assim como os copos e talheres.
  • Recusam-se a comer em quantidades normais apesar dos riscos, recomendações, ordens e/ou ameaças familiares e inclusive médicas.

21 comentários:

ines disse...

Gostei muito de ler a informação que recolheram e que articularam tão bem no vosso blog.
Vejo um trabalho dedicado e bastante completo nos pontos abordados.
Falar sobre os disturbios alimentares e, em particular sobre a anorexia, não é assim tão facil.
Há testemunhos realmente chocantes.
“Por volta dos 5 anos comecei a acreditar de uma maneira indistinta que, se conseguisse controlar o meu corpo, se conseguisse impedir de se expandir no espaço, poderia, por extensão, controlar-me a mim mesma. Se conseguisse ser uma coisinha franzina, uma coisinha delicada, arranjadinha e magra, o tumulto do eu dentro da pele iria diminuir, perder o que tinha de excessivo, acalmar-se. Fechava-me à chave na casa de banho, punha-me de pé em cima do lavatório, olhava para o corpo à minha frente e chorava. (...) Uma porquinha gorda.”

Muitos parabéns pelo vosso trabalho! Pessoalmente, achei a vossa abordagem bastante produtiva e bem conseguida. :)

Continuem a postar!!

Um beijinho grande ****

Scarlet disse...

Excelente esse post. As pessoas com anorexia nervosa não aceitam que estão doentes e que precisam de tratamento/ajuda. Posso falar isso por mim. Eu tive anorexia nervosa, e sinceramente, não sei dizer se realmente me curei da doença. Demorei muito tempo pra perceber que eu precisava de ajudar e também para permitir que me ajudassem. Até hoje eu sofro ao me olhar no espelho, porque acho que estou muito acima do peso, entre outras coisas. Só percebo o quanto eu estou magra, quando vou vestir uma roupa que antes me servia perfeitamente bem. Enganei muita gente, e principalmente a mim mesma, com a doença. Perdi o relacionamento com a minha mãe e hoje mal conseguimos nos falar. Tenho insegurança quanto à relacionamentos amorosos e entre muitas outras coisas. É muito triste quando vejo uma garota com a doença e passando por tantas dificuldades. Como o comentário da Ines, realmente existem testemunhos chocantes, e o meu é um deles. Perdi quase 25 kg com a doença, e em 1 1/2 mês. Sem contar o restante do que aconteceu. Espero que o blog de vocês possa alcançar muita gente, mostrar a verdadeira face da doença.

Parabéns pelos post's.

Aline Salles disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aline Salles disse...

Olá, meu nome é Aline e não sei o que anda acontecendo comigo. Tenho 16 anos e meço 1,65m e peso 43 kilos. Há 2 meses atrás subi na balança e estava pesando 48 kilos, confesso que senti-me frustada ao ver aquelas calorias no meu corpo e então comecei a ficar conpulsiva por acabar com a minha barriga,e então todo o dia me restringia de alimentos gordurosos e também acabei por não ingerir mais carne em minhas refeições e então atinge a esse peso atual, porém eu olho me no espelho e sinto-me gorda e não consiguo larga essa neura.
Eu já tenho alguns sintomas de anorexia, mas não são muitos
Inicia restrições alimentares
Perda importante de peso, não justificada
Lanugo (o corpo fica coberto com uma penugem fina)
Amenorréia (falta de menstruação) pelo menos 3 ciclos
Queda de cabelo
Consumo elevado de alimentos ricos em vitamina A e caroteno, como cenoura, confere à pele de alguns portadores de Anorexia coloração amarelada.
Desculpas para não comer em casa
Alimenta-se sozinha
Preocupação exagerada com o conteúdo calórico dos alimentos e por dietas. Podem “vigiar” a preparação dos alimentos
A princípio evitam determinados alimentos: doces, pães, batatas, arroz, frituras, etc. Posteriormente passam a eliminar da sua dieta um numero cada vez maior de alimentos, até chegar a se alimentar única e exclusivamente de verduras ou frutas (e cada vez em menores quantidades). Podem consumir somente alimentos “light”. E inclusive a viver somente de líquidos
Aumento de interesse pela imagem e/ou peso. Queixam-se com frequência do seu peso, “estou gorda”, e da aparência física.
e outros me ajudem por favor?

lari lokinha disse...

ola eu tenho 13 anos e a ultima vez que me pesei tinha 60 Kg :( e me acho muito gorda!! e estou a ficar com os sitomas a anorexia e bolimia poderiam me dizer como posso deixar de der esses sitomas ? muito obrigada :)

Mayara disse...

Oláaa Boa noite, hoje estou pesquisando sobre bulimia e anorexia, porque passei pela minha medica, (gastro) e ela ja passou varios exames pra mim de sague e outros,e eu tenho um certo problema em engordar, nao sinto apetite, as vezes me dá um se3gundo de muita fome dai exagero, mais tudo que eu como eu fico achando que engordei 1 kilo pelo menos rs, mais to tomando vitaminas, complexo b, mais ta dificil ganhae peso, hoje minha medica disse assim que estou com depressão e posso estar com anorexia, mais nao me vejo nesse quadro porque nao me acho gorda, quero comer muito e engordar, to perdidinha!!! Bjss

Flavia Loureiro disse...

Poxa queria saber como a gente fica anorecxica??? Meu sonho!!!!!

Etyene Anavlis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Etyene Anavlis disse...

Tenho um filho de 18 anos e nos dois últimos meses ele não tem se alimentado direito, tem passado mais de 12 horas sem colocar nada na boca, nem água e quando come alguma coisa é limitada. Estou preocupada pois se eu deixar dorme o dia inteiro qnd não vai para a faculdade. Já estou ficando desesperada pq disse que não sente fome. O q devo fazer? Se recusa ir ao médico.

Cris Semi Jóias e Relógios disse...

Morre q passa!!!!!

Feeh disse...

Sou vitima da Anorexia ,nao sei como parar esta fora de controle...como minha familia trabalham muito passo a maioria do tempo sozinha...eles nao perceberam ainda e eu tenho vergonha d contar...
Fiquei assim depois de ter uma depressao quando eu e meu ex terminamos ,sentia como se a culpa fosse minha ,era como se tudo se resumisse no fato de ser gorda e feia agora nao tenho mais controle , meu corpo nao aceita mais alimentos tudo q como me causa ancia de vomito

ANDRE GONÇALVES DA SILVA disse...

14 pessoas antes e depois da anorexia


http://www.mestresabe.com/2015/08/14-pessoas-antes-e-depois-da-anorexia.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/

Miih santos disse...

Agradeço pela informação apresentada acho que estou com isso ������ mais pra mim tanto faz vou morrer de qualquer jeito msm

Miih santos disse...

Eu tbm estou assim tbm estava com medo de contar pra minha mãe mais acabei falando e ela me deu a mão e está me ajudando

Miih santos disse...

Faça ele entender que isso eh uma doença e que ele precisa de ajuda.... mostre a ele fotos de pessoas com anorexia e faça ele entender que Oum é o tratamento ou a morte

Miih santos disse...

Alíne eu tenho 1,50 de altura e peso 46 kilos estou obesa gorda que nem uma porca mais sei que estou doente procura um médico

Miih santos disse...

Alíne eu tenho 1,50 de altura e peso 46 kilos estou obesa gorda que nem uma porca mais sei que estou doente procura um médico

claudiapires333@bol.com.br disse...

Boa Tarde! Eu tenho uma sobrinha de 18 anos eu a observei por alguns meses e que ela tem os sintomas iniciais da aneroxia nervosa. Restringe alimentos, fica muitas horas sem comer, tem muito sono, fica irritada, nervosa a toa e tem períodos de tristeza aparente sem motivo. De uns tempos pra cá teve uma perde de peso considerável e ao meu ver brusca. Pior é que a mãe dela é da área da saúde e não enxerga nada eu como tia estou vendo isso faz tempo mais tenho medo de levantar a bandeira e ser desacreditada. Meu irmão é muito ingênuo e aceita tudo que a minha cunhada diz fora isso a moça em questão é geniosa e tem um poder de perssuassão eu me sinto impotente e muito preocupada. Por ventura alguém tem alguma dica para eu entrar neste vespeiro sem sair machucada poque na atual circunstância que me encontro ando fugindo de problemas que não me dizem respeito direto. Desde já fico agradecida por lerem minha redação e por uma ajuda posterior ainda que minima. Um abraço Cláudia.

AishaLin disse...

Estava lendo alguns posts sobre anorexia. Eu não sei se possuo esse problema. Eu entrei numa dieta (do nada, sem estar precisando de uma), e perdi 9 quilos em 5 meses (quase 6 meses já. Acho que, por tempo, não perdi tanto peso). Eu me alimento bem, como ovos, carne, frutas e verduras. Evito comer doces e frituras, mas de vez em quando eu como sem problema algum. No entanto, eu mal como durante todo o dia e faço exercícios de forma, por vezes, excessiva quando exagero nas coisas calóricas. Cheguei a correr por 3 horas seguidas, várias vezes dentro do mês. Eu me sinto fraca e tenho fadiga. Minha mãe e eu já discutimos sobre isso e ela disse que iria me levar ao médico se eu não parasse com essa dieta (E não, eu não parei).
Eu tenho 1,68cm e peso 53 quilos atualmente. E tenho 18 anos.
Eu não tenho medo excessivo de engordar, mas sou fanática em contar calorias dos alimentos e me olho constantemente no espelho. Não me acho gorda, me vejo num bom corpo, mas eu quero emagrecer até ficar abaixo do peso (pra ver como é, e eu mesma acho loucura da minha parte, mas é psicológico :c). Enfim, meus pais reclamam que eu tenho a pele meio amarelada e que como pouco, mas eu não me sinto triste ou depressiva, não tenho falta de menstruação, mas algumas vezes do nada, me sinto irritada. Não sei o que pode estar havendo comigo ><

Unknown disse...

Bom dia! Ano retrasado eu mudei de estado sozinha, com o tempo comecei a apresentar sintomas de depressão e descontada tudo na comida,engordei muito e fui ficando cada vez mais frustrada com meu próprio corpo. Retornei a minha cidade esse ano, quase todas as pessoas conhecidas, entre parentes e amigos, passaram a falar sobre meu aumento de peso,sempre que me viam era o mesmo assunto,como eu estava acima do peso e precisava perder. A além de "brincadeiras" verbais sobre como eu estava parecend uma porca de tão gorda ou como eu precisaria sair da frente para alguém passar porque agora eu consumia todo o espaço. Isso me causou uma depressão profunda e passai a pensar com cada vez mais frequência em suicídio. Paguei a academia e todos dizem que já dá pra perceber a diferença, que eu estou emagrecendo,mas não consigo enxergar dessa forma e mal consigo me olhar em um espelho que mostre meu corpo. Passei a me alimentar apenas de comidas saudáveis, estou cada vez mais diminuindo o número de refeições, mesmo sabendo que é errado e que preciso me alimentar de 3 em 3 horas. Quando como, me sinto culpada e penso que engordarei cada vez mais. Sei que estou me encaminhando para a anorexia, mas é algo que mesmo lutando não estou conseguindo controlar, é como se a minha dependesse disso, de emagrecer, como se eu não pudesse ser amada como sou agora. Não desejo isso a ninguém, me sinto péssima por ter permitido adoecer por padrões tão fúteis que a sociedade nos impõe. Tenho fé que vou ser maior que isso.

Unknown disse...

Tenho 1.62 atualmente peso 64 quilos peso normal pra minha altura, mas de uns tempos pra cá so venho pensando em emagrecer , se como alguma coisa me sinto culpada e Fasso vomito no banheiro com o chuveiro ligado pra ninguém escutar, não sei o que esta acontecendo comigo so penso em emagrecer...