terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

História da Anorexia

A anorexia nervosa é uma doença descrita há muitos anos e que desde sempre tem suscitado o interesse dos investigadores. As protagonistas desta história que tem atravessado séculos são na sua maioria mulheres, uma espécie de heroínas trágicas com um percurso de vida que mistura misticismo, rebeldia, dedicação e morte. Na Idade Média, existiu o que mais tarde se veio a chamar anorexia mística, diferente da concepção moderna de anorexia, e que afectava sobretudo mulheres muito devotas à religião, como foi o caso de Catalina Bennicasa e mais tarde de Santa Catarina de Siena.

A primeira descrição médica da doença foi feita em 1694 pelo inglês Thomas Morton, que a designou "caquexia nervosa" e a descreveu como “atrofia nervosa, consumptiva, sem febre, tosse ou dispneia”. Já a denominação mais específica "anorexia nervosa” surgiu com William Gull a partir de 1873, referindo-se à “forma peculiar de doença que afecta principalmente mulheres jovens e caracteriza-se por emagrecimento extremo[...]” cuja “falta de apetite é [...] decorrente de um estado mental mórbido e não a qualquer disfunção gástrica[...]”.


Já no século XX, só a partir dos anos 70 é que a investigação e a clínica da anorexia nervosa sofreram impulsos decisivos, devido aos contributos de três investigadores: Hilde Bruch, Arthur Crisp e Gerald Russell. Bruch chama pela primeira vez atenção para a perturbação da imagem corporal de que sofrem estas doentes. Crisp definiu a anorexia nervosa como uma "fobia do peso", devido ao receio mórbido que estes doentes têm de engordar, relacionando-a com as dificuldades psicológicas de encarar as transformações da puberdade e da adolescência. Em 1970, Russell estabeleceu pela primeira vez as três características fundamentais da anorexia:

  • Comportamento persistente com o objectivo de perder peso;
  • Alterações psicológicas causadas pelo medo de engordar;
  • Alterações endócrinas, como falta de menstruação (amenorreia) nas mulheres e falta de interesse sexual nos homens.

6 comentários:

thais disse...

Precisava obter mais conhecimento sobre a doença conhecida como anorexia, sobre seu surgimento e aqui pude encontrar, valeu pessoal que escreveu esse site, foi muito util mesmo. Espero que eu consiga tirar dez no trabalho com as informações transmitidas desse site.

Ninna disse...

E realmente axo que as escolas não sabem oq ensinam , tratam a Anorexia como se ela realmente fosse uma doença , AFFS..... Isto é uma falta de respeito ,pois ninguem vê um trabalho de escola sobre os alcoolatras ou sobre os viciados en drogas.

janataria pipolo disse...

minha amiga, anorexia realmente é uma doença tá !!! leia mais sobre o assunto.

ANDRE GONÇALVES DA SILVA disse...

14 pessoas antes e depois da anorexia


http://www.mestresabe.com/2015/08/14-pessoas-antes-e-depois-da-anorexia.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/

LUCIANA DE SOUZA disse...

Sempre bom esta informado pois faço o tecno de enfermagem e o meu P.I no dim do curso vai ser sobre a anorexia nervosa...muito boa as informaçoes

Penelope Penteados disse...

Anorexia é uma doença e ver como existem pessoas que não enxergam o mal que ela faz é triste. Essa ignrância em forma de venda só atrapalha. Levamos informações sobre anorexia às pessoas em nosso site pois a ignorância as pessoas já tem, mas informação é do que precisam.